26/01/18 . 20H (sex) - Sala Oi Futuro em Ipanema

Se John Cage tivesse conhecido a luva de dados do pianista alemão Ralf Schmid, provavelmente suas experiências com o piano preparado teriam sido ainda mais revolucionárias. Schmid vai impressionar o público brasileiro com o piano psicodélico, tocando o instrumento e manipulando sons eletrônicos, sem tirar as mãos do teclado.

A mágica acontece com auxílio da tecnologia. Uma luva de dados converte os movimentos das mãos e dos dedos em sinais que são encaminhados para um computador. Dessa forma, o equipamento processa o som enquanto o artista esbanja seu talento em dois pianos. Com um software de música, Schmid produz efeitos orquestrais combinando diferentes timbres, texturas e cores.

O resultado é a eliminação dos limites entre a música erudita e eletrônica. A luva deixa os dedos soltos para tocar o piano livremente, enquanto as mãos se inclinam para o lado, se deslocam no ar ou simplesmente movem um dedo, o som se transforma em tempo real. O potencial por trás do uso da luva possibilita ao artista projetar com gestos ou mesmo com os mínimos gestos os sons eletrônicos aliados ao som acústico do piano, como um dançarino, um ator, um mago. Num momento mágico de conexões entre som e movimento, que continuam na imaginação do ouvinte.

Junto ao parceiro de longa data, o produtor Michele Locatelli, Schmid tornou a apresentação ainda mais impressionante. No Brasil, será apresentada a Suite em quatro sets para piano e luva mágica, resultado de um semestre de pesquisa em Oslo. A composição de quatro partes será exibida com cores sonoras especiais e baseada nos quatro elementos que ele chama de frases EARTHLOOP, FIREFLYER, WATERBORNE e AIRA.

Para completar, a apresentação conta ainda com iluminação assinada pelo iluminador italiano Pietro Cadarelli. Enquanto Ralf Schmid toca o piano e improvisa simultaneamente com sua luva, sons são traduzidos em luz e cor elevando o espetáculo a um nível multissensorial. A inovação trazida por Pyanook pode ser uma das abordagens audiovisuais mais ousadas do século 21, mas para o criador Ralf Schmid, é apenas mais uma etapa em sua busca constante de consistência nas perspectivas da música.

 

pyanook na web

comente sobre pyanook